4 Influenciadores para aprender sobre racismo


Design: Vivi Ferraz para Dr. JONES

O Dia Nacional de Zumbi e da Consciência Negra, instituído em 20 de novembro pela Lei nº 12.519 de 2011 marca a data de morte de Zumbi, líder do Quilombo de Palmares e heroi da resistência negra à escravidão. Essa é uma data muito importante para todos nós.

A cultura brasileira foi formada com intensa participação da cultura dos povos africanos e também pela cultura dos colonizadores. O racismo é um debate sempre atual e desconstruir o racismo é uma pauta urgente. Como tem muito conteúdo na internet, resolvemos reunir alguns estudiosos e influenciadores por onde podemos começar a refletir e aprender sobre o tema. Bora lá?

SILVIO ALMEIDA

Doutor em Filosofia e Teoria Geral do Direito na USP, Visiting Professor na Duke University, Professor na FGV EAESP, Professor Doutor na Faculdade de Direito da Universidade Presbiteriana Mackenzie e Diretor-Presidente no Instituto Luiz Gama. Você encontra conteúdos do Silvio Almeida no youtube, facebook, instagram e twitter.

Foto: Christian Parente | Divulgação

Racismo é um mecanismo complexo, que cria vulnerabilidade e poder, por Silvio de Almeida

DJAMILA RIBEIRO

Mestra em Filosofia pela FAPESP, escritora e pesquisadora, Djamila é Colunista na Folha de S.Paulo e professora na PUC - SP. Em 2016, foi nomeada secretária-adjunta de Direitos Humanos e Cidadania da cidade de São Paulo. Você encontra conteúdos da Djamila Ribeiro no facebook, no instagram e no Instituto Geledés.

Foto: Lucas Lima, Josi Marchesini | UOL

Djamila Ribeiro sobre relação entre linguagem e opressões sociais

AD JUNIOR

Apresentador de TV, Blogueiro, Vlogueiro, Ativista Social, pesquisador e também Head de Marketing, AD é uma das vozes mais reconhecidas pelo trabalho de debate sobre racismo estrutural. Você encontra conteúdo do AD Junior no facebook, youtube, twitter e instagram.

Foto: Divulgação

O que é racismo estrutural?

NINA SILVA

Co-fundadora do Movimento Black Money e do D'Black Bank, é Executiva de Tecnologia e Inovação há 20 anos com especialização em projetos internacionais. Acumula prêmios e nomeações como uma das 20 Mulheres Mais Poderosas do Brasil pela Forbes e uma das 100 mais influentes do mundo abaixo dos 40 anos pela MIPAD (Most Influential People of African Descent) entre outros. Você encontra conteúdo da Nina Silva no facebook, no instagram, no telegram e outros canais.

Foto: Movimento Black Money | Divulgação

Nina Silva No Summit de Empreendedorismo | Movimento Black Money

Estes são apenas algumas sugestões de por onde você pode começar. Temos dezenas de influenciadores e estudiosos que analisam e discutem racismo com vários olhares diferentes para serem explorados: da aceitação do corpo, da alimentação, da música, de beleza, do mercado de trabalho, da vida no exterior, da sexualidade, de  identidade e muito mais.

VALE A PENA EXPLORAR

A TED é uma comunidade global sem fins lucrativos com a missão de gerar debate e espalhar ideias. Ela promove a TEDx Talks, evento de palestras que ocorre no mundo todo com as personalidades mais influentes de cada lugar. Claro que esse evento também acontece por aqui. E o mais bacana, há vários vídeos que abordam racismo e seus subtemas, como apropriação cultural, racismo na educação, igualdade racial etc. Acesse a série aqui: TEDx Racismo no Youtube.

E você? Conta aqui embaixo quais influenciadores negros você mais gosta e segue.