Em frente a fundo com parede de madeira, homem oriental sem barba e com cabelos lisos e curtos, penteados para cima, olha para a câmera usando terno escuro, camisa social branca e gravata azul. Os cabelos estão arrumados com pomada modeladora.

Qual a diferença entre gel, cera e pomada para cabelo?

Visagismo: 4 dicas para escolher a melhor barba Lendo Qual a diferença entre gel, cera e pomada para cabelo? 8 minuto(s)

Escolher o finalizador de cabelo mais adequado para o seu estilo pode ser uma epopeia com tantas opções, a começar pelos ‘tipos’ de produtos que existem, mas aqui a gente explica direitinho o que é cera, pomada modeladora e gel — e o que cada um faz por você.

Cuidar da aparência é hoje um requisito cada vez mais importante para o homem moderno. Afinal, trata-se de passar às outras pessoas a mensagem de alguém que preza pela boa apresentação, boas maneiras, que cuida de si e, mais importante, também da sua saúde.

Integrar os cuidados com a pele, a barba e o cabelo ao seu dia a dia é, portanto, uma excelente ideia — e, por falar em cabelo masculino, saber escolher o produto mais adequado para um penteado condizente com seu estilo faz toda a diferença na hora de compor essa tal mensagem.

Na Dr. JONES, temos dois finalizadores de cabelo que dão um grau no seu penteado: a pomada Amino Water Pomade e a cera Amino Matte Wax — mas, afinal, você sabe qual a diferença entre cera e pomada para cabelo e entre elas e o gel?

Jogos de luz

Em frente a fundo neutro marrom, homem olha de perfil para a câmera. Ele tem pele clara, está sem camisa, usa barba por fazer e tem cabelos curtos bem lisos e com brilho caindo sobre a testa, em lateral.

Foto: Christian Buehner | Unsplash.

Brilho, textura e fixação são as palavras-chave para entender essa diferença, que, no final, vai definir sua escolha.

Começando pelo brilho, temos principalmente dois efeitos.

Primeiro, o efeito shine, que muitos conhecem como ‘brilho molhado’: o produto tem um acabamento que aumenta a reflexão da luz pelo fio, que fica mais brilhante e, por isso, parece até mais saudável — lembremos que cabelos bem cuidados, afinal, tendem a brilhar mais.

O segundo é o efeito matte. Nesse caso, o acabamento é opaco, seco, garantindo um visual sem brilho. Para os adeptos, a vantagem do matte é dar uma cara mais natural ao penteado masculino: o cabelo fica no lugar e parece que simplesmente ‘nasceu assim’ (ok, exagerei um pouco, mas você captou a ideia...).

Qual o melhor efeito para você? Depende do seu gosto pessoal — mas essa decisão costuma ser indicativa da textura do finalizador, e isso pode guiar sua escolha.

Para que serve o gel para cabelo?

Homem com barba por fazer, pele clara e feições árabes usa cabelo raspado na lateral e fios no alto da cabeça com brilho e arrepiados. Ele usa uma camisa jeans de manga comprida e um relógio.

Foto: Hannah Skelly | Unsplash.

O gel para cabelo masculino é um dos produtos para fixar e modelar mais comuns, e seu nome já traz a textura embutida.

Esses produtos costumam dar um efeito shine bastante pronunciado ao cabelo, principalmente os que não têm álcool na formulação.

A fixação é geralmente forte, embora existam formulações que atenuam ou ampliam essa característica.

O cabelo fica rígido, com efeito molhado — um pouco menor no caso de fórmulas com álcool —, e o penteado tende a ser mais resistente aos agentes externos que podem desmanchá-lo.

Isso é útil para penteados que requerem mais ‘dureza’, definição e tiram vantagem de uma finalização bem marcada, como os cortes de cabelo masculino que privilegiam o aspecto arrepiado e ‘pontiagudo’.

Há, porém, algumas questões que precisam ser levadas em conta no uso do gel e que vêm de suas próprias características.

A rigidez do cabelo é uma delas, porque impede, por exemplo, que os fios sejam livremente manipulados ao longo do dia ou que o penteado seja modificado. Além disso, como os fios ficam muito definidos e marcados, o produto acaba não sendo interessante para quem tem cabelo fino, porque aumenta a sensação de pouco preenchimento.

Outra questão do gel é o álcool presente em muitas fórmulas e que, com o tempo, pode ressecar a extensão dos fios e enfraquecê-los, deixando-os quebradiços.

Além disso, a presença constante do produto tende a estimular a oleosidade no couro cabeludo, o que contribui para o aparecimento da caspa e, potencialmente, de problemas relacionados a ela, como a queda de cabelo.

Por isso, indica-se que o produto não seja usado todos os dias e, principalmente, que não se durma com ele, entre outros cuidados. Quem tem alergia ao álcool, por exemplo, deve evitar o gel para cabelo que tenha esse componente na fórmula.

O que a cera faz no cabelo masculino

Homens com feições da Ásia Central e barba por fazer olha para o lado, usando camisa verde-escura, com cabelo curto e bagunçado em efeito matte.

Foto: Joanna Nix Walkup | Unsplash.

De textura pastosa, a cera para cabelo também se destaca, via de regra, pela fixação forte. Por isso, pode ser usada também em penteados bem-estruturados.

A cera cria uma espécie de camada que envolve o fio e, ao contrário do gel, não deixa o cabelo rígido e superdefinido.

Isso pode tornar mais difícil chegar, por exemplo, ao efeito arrepiado e marcado que mencionamos.

Em compensação, a cera tem inúmeras outras vantagens, como garantir o visual ‘milimetricamente bagunçado’ dos cortes de cabelo mais despojados, principalmente os curtos. Além disso, como não deixa o cabelo tão rígido, permite que ele seja manipulado e remodelado ao longo do dia.

O fato de criar uma camada ou superfície em volta do fio também torna a cera muito útil para a inclusão de ativos biofuncionais que tratam o cabelo, como a Carbocisteína, o Pantenol e o Óleo de Café Verde, presentes na Amino Matte Wax, da Dr. JONES. De quebra, a fórmula não tem álcool.

Existem ceras com efeito matte, como a própria Amino Matte Wax, e com efeito shine. No caso das que têm efeito shine, o brilho tende a ser mais suave e menos ‘melado’ que o do gel.

Por sua vez, o efeito matte (sem brilho) contribui para um visual estilizado bem mais descolado e natural, sem comprometer a segurança da alta fixação.

Confira nosso vídeo sobre como usar nossa cera matte em penteados masculinos.

Cera e pomada: diferenças e aproximações

Homem de meia-idade, barba curta e cabelo raspado na lateral e liso em cima usa óculos escuros e camisa branca. Os fios estão fixados, mas com movimento.

Foto: Apostolos Vamvouras | Unsplash.

Por último, mas não menos importante, a pomada para cabelo masculino é, dos três produtos, a que tem a textura mais cremosa.

Por isso, tende a uma fixação média e a um efeito mais shine, embora existam também as versões com efeito matte.

A pomada de cabelo vai ser indicada, então, para o homem que gosta de manter os fios sob controle, mas com movimento mais natural, o que também a torna interessante, por exemplo, para cortes de cabelos médios e para quem tem cabelo longo.

Algumas formulações tradicionais das pomadas para cabelo incluíam petroquímicos, que, se ajudavam no brilho, também podiam agredir os cabelos.

Hoje, porém, há opções de pomadas à base de água, como a Amino Water Pomade, da Dr. JONES, que não maltratam o cabelo.

A textura cremosa também torna a pomada receptiva à inclusão de componentes que tratam o cabelo na fórmula, sem falar que, quando é à base de água, ela sai facilmente no banho e também permite que o cabelo seja remodelado ao longo do dia.

A Amino Water Pomade, em particular, tem ativos biofuncionais também encontrados na cera Amino Matte Wax — Carbocisteína, Pantenol e Óleo de Café Verde — e Proteína Hidrolisada de Trigo, que ajuda a hidratar e fortalecer os fios e a deixar um toque suave.

Então, o que é melhor: pomada ou cera?

Em frente a uma janela que dá para um jardim, foto mostra embalagens da AMINO WATER POMADE, pomada para cabelo; e AMINO MATTE WAX, cera para cabelo, ambas da Dr. JONES, lado a lado, sobre mesa branca e parede de blocos brancos.

Foto: Dr. JONES (todos os direitos reservados).

O que vai ser melhor para você, se cera ou pomada modeladora, vai depender do seu gosto e do tipo de acabamento que você deseja.

No entanto, fica claro que esses produtos tendem a ser melhores para os seus cabelos, especialmente se você se atentar a detalhes importantes da fórmula, que também vão determinar o uso diário.

Confira nosso vídeo sobre as diferenças entre a Amino Matte Wax e a Amino Water Pomade na hora de modelar, estilizar e fixar seu penteado.

Por fim, no review da nossa pomada e cera matte, além do balm para barba The Shaving Solution, feito pelo canal El Hombre (00:00–05:13), você vê uma comparação entre as texturas, brilho e a importância da Carbocisteína.

E aí, curtiu? Deixe seu comentário sobre qual seu produto preferido e por quê: cera ou pomada?

Foto/Destaque: Redd | Unsplash.

Leia também: