Em frente ao mar, três homens brancos sem camisa estão de costas para a câmera, sentados em colunas brancas. Um usa boné branco (ao meio). Todos têm shorts (dois pretos e um laranja, à direita).

4 dicas de cuidados com a pele no verão

Homens geralmente têm pele oleosa – e, por isso, acham que estão protegidos das agressões dos raios solares. Lego engano, meu rapaz. Saiba como se proteger nos dias mais quentes e manter sua pele saudável. 

No Brasil, o verão não é para amadores: sol intenso, umidade alta, termômetros acima dos 30 graus e uma maior quantidade de pele exposta, sobretudo quando vamos curtir o dia na praia, piscina ou parque.

Embora, para muitos (nem todos, heheh), tudo isso seja gostoso, o que acontece com a pele no verão? Acaba mais agredida do que nunca pelos raios ultravioleta provenientes do sol!

Por isso, hoje damos 4 simples dicas que podem fazer a diferença entre terminar o verão com uma pele muito ressecada, ou chegar até lá bronzeado e com sua maior protetora saudável como nunca.

Dica 1. Protetor solar, sempre! 

É claro que, se vamos falar de quais os cuidados com a pele no verão, não podemos deixar de mencionar o protetor solar, até porque o câncer de pele é o que tem maior incidência no nosso País.

Em parte, isso se deve à mistura típica da nossa população, que inclui muitas pessoas com ascendência europeia e peles claras, de fototipos de pele que têm menos melanina e, portanto, uma proteção menor contra os efeitos dos raios UV, que podem dar origem ao câncer – quanto mais melanina, mais escura a pele e maior o número do fototipo. Confira.

Desenho esquemático mostrando os 6 fototipos de pele na Escala de Fitzpatrick, com a quantidade de melanina e risco de câncer de pele.

Engana-se, porém, quem pensa que apenas por ter pele escura, tudo está garantido. Não. O risco é menor, mas a proteção também se faz necessária, até para evitar outros problemas causados pelo sol, como o fotoenvelhecimento, que mencionamos a seguir.

A recomendação é usar protetor solar todos os dias, antes de sair de casa – e, se você estiver num ambiente externo, pode, inclusive, reaplicá-lo a cada 2 ou 3 horas, para garantir uma fotoproteção mais eficiente.

Por falar em fotoproteção, procure produtos com o fator de proteção solar (FPS) mais adequado à sua pele. Recomenda-se que o mínimo seja FPS 30.

Dica 2. Cuide da hidratação da pele e do corpo

Homem de pele clara, cabelos curtos e barba joga água, a partir de uma garrafa, sobre o rosto. Ele está em um parque, e a imagem faz referência à hidratação.

Foto: Karolina Grabowska | Pexels.

A exposição prolongada ao sol torna a pele ressecada e acelera seu processo de envelhecimento, devido à ação dos raios UV – isso que é o chamado fotoenvelhecimento.

Portanto, além de investir em fotoproteção, devemos passar um bom hidratante na pele diariamente, para manter as células sempre saudáveis.

Para homens, que geralmente têm pele oleosa, deixar de prevenir o ressecamento da pele também é mau negócio por causa do ‘efeito rebote’.

No 'rebote', a pele ressecada, na tentativa de se proteger das agressões, produz mais ‘óleo’ (sebo). Resultado: oleosidade nível hard! Por isso, trate de mantê-la hidratada – e, aliás, escolha bem o hidratante que você vai usar.

O ideal é evitar produtos muito oleosos, principalmente no verão, e usar aqueles desenvolvidos especificamente para seu tipo de pele.

Por sinal, aí vai uma observação: normalmente, hidratante para o rosto e para a pele são diferentes, já que as características são diferentes entre as duas regiões do corpo.

Também não esqueça o básico de beber bastante água (falamos um pouco disso no artigo sobre proteínas, alimentação e massa muscular), o que ajuda na hidratação da pele de dentro para fora, até porque suamos mais no verão.

Repor a água é essencial para o funcionamento do corpo e afasta o risco de pele seca e envelhecida.

Dica 3. Use um bom gel de limpeza facial

Foto de homem oriental, cabelos descoloridos, tatuagem nos braços, camiseta azul, passando gel de limpeza facial em frente à câmera.

Foto: Ron Lach | Pexels.

Já que falamos em oleosidade na pele, é importante também cuidar da limpeza, para que os poros não entupam e aumentem as chances de acne.

Produtos que ajudam a controlar a oleosidade, por sinal, são mais que bem-vindos.

Daí, a consistência em gel ser legal, porque tende a não estimular a produção de óleo.

Nossa sugestão: um gel que promova uma profunda limpeza de pele, desobstruindo os poros e removendo o excesso de oleosidade sem agredir a pele.

Ademais, princípios ativos que tratam as características da pele masculina, como o Carvão Vegetal e seu efeito detox, são uma vantagem adicional.

Dica 4. Adote um esfoliante

Foto de pessoa, de pele clara, colocando um pouco do esfoliante ISOTONIC FACE SCRUB, da Dr. JONES, em um dos dedos. A imagem mostra apenas as mãos e a embalagem do produto, em fundo neutro.

Foto: Dr. JONES (todos os direitos reservados).

De preferência, a esfoliação deve integrar uma rotina de cuidados com a pele do rosto, já que os esfoliantes servem para eliminar as células mortas da nossa pele.

Como, no verão, usamos mais protetor solar e transpiramos bastante, é importante fazer do esfoliante seu mais novo amigo.

Apenas não exagere e siga direitinho o modo de usar.

Um bom esfoliante promove a limpeza da pele, traz ativos biofuncionais que a protegem e aceleram a reidratação, além, de novo, combater o excesso de oleosidade.

Aliás, já falamos de esfoliação no artigo sobre skincare masculino: vale revisitar – e se você tiver ‘exagerado’ no sol e a pele estiver muito queimada (e ardida), evite usar esfoliante, para não agredi-la mais.

E aí curtiu? Conta pra gente como está sendo sua rotina de skincare com esse solzão aí fora!

Foto/Destaque: Joel Bengs | Unsplash.

Leia também: