Em frente a praia deserta com muito sol, homem sem camisa e de pele clara, ruivo, olha para a esquerda. Ele tem a barba comprida, em alusão aos cuidados necessários para o verão.

Cuidados com a barba no verão: como mantê-la sempre fresca

Especial HIV: o que você precisa saber sobre direitos e cuidados Lendo Cuidados com a barba no verão: como mantê-la sempre fresca 5 minuto(s) Próximo 6 estilos de barba para quem é careca

Com a chegada de dezembro, aumenta a expectativa para a estação mais quente do ano – e, para quem tem barba, exatamente por isso, o verão pode significar desistir dela... mas não tem de ser assim. Com algumas dicas, você pode fazer as pazes entre a sua barba e o sol.

Há duas coisas que boa parte de nós associa tão logo entra o mês de dezembro: as festas de fim de ano (Natal e Ano Novo) e, claro, o verão – que, em 2021, começa exatamente às 12h59 do dia 21 de dezembro, no horário de Brasília.

A estação mais quente do ano, porém, traz mais do que muito sol, praia, lagos, viagens, férias e cachoeiras – para muito homem de barba, especialmente os que preferem as compridas, como a barba lenhador, é um período de muitos desafios.

Problemas com o sol

De chapéu de palha, rapaz sem camisa, pele clara e óculos escuros, bebe água de coco utilizando um canudo, embaixo de coqueiro.

Foto: Joey Nicotra | Unsplash.

Com o aumento da temperatura e da exposição ao sol, há pelo menos dois problemas que podem aparecer mais.

O primeiro é o ressecamento da pele e da barba, fruto da ação dos raios ultravioleta (raios UV).

O segundo é o ‘efeito rebote’ causado tanto pela agressão do sol quanto pela pele ressecada que pode ser resultado dessa agressão.

Isso porque, na tentativa de se proteger, a pele pode produzir mais óleo (sebo) que o de costume.

Esse aumento da oleosidade na pele causa muita dor de cabeça em quem já tem a pele oleosaporque a oleosidade está mais relacionada a problemas como a piora da acne (cravos e espinhas), por exemplo, e até à maior ocorrência de dermatites, como é o caso da dermatite seborreica.

Pegue essa visão completa e aplique a uma bela barba. De um lado, o barbado em questão vai ter, no comprimento dos fios, pelos mais ressecados. De outro, perto da pele do rosto, a própria barba pode criar uma ‘estufa’ que vai propiciar o aparecimento de espinhas e coceira.

Nada bom, né? Por isso é que alguns homens adotam medidas radicais: raspar a barba, ou simplesmente passar três meses fugindo do verão – mas há como adotar outras estratégias...

Quais os cuidados com a pele no verão?

Homem negro está de robe branco em cima de uma cama, deitado, mãos atrás da cabeça, com creme no rosto e olhos cobertos com rodelas de pepino. Ele tem cabelos curtos, raspados na lateral, e usa barba.

Foto: Tima Miroshnichenko | Pexels.

O primeiro passo é aprender a cuidar do rostinho.

Evitar hábitos que pioram a oleosidade na pele do rosto – como usar sabonete comum, não esfoliar e lavar o rosto em excesso, várias vezes ao dia (o que é uma tentação no verão, por sinal) – é o básico.

Além disso, compensa adotar uma rotina de skincare masculino. Além da esfoliação, isso inclui limpeza de pele, tonificação, nutrição e hidratação.

Muita coisa? Na verdade, não: dá para adotar produtos multifuncionais e bastante práticos, como um gel de limpeza, um microesfoliante e um bom hidratante facial.

O skincare é importante porque ajuda a aumentar a proteção natural da pele contra as agressões físicas – como os raios UV, que já mencionamos, e o próprio calor. De quebra, você ainda fica mais protegido também contra microrganismos e poluição.

Como cuidar da barba no verão?

Na hora de fazer a barba, é importante seguir o passo a passo já comprovado para evitar irritação na pele e garantir o bom deslizar da lâmina de barbear, seja para ficar com a cara lisa, definir os trações ou para manter a barba desenhada. Isso significa usar um bom aparelho de barbear, espuma ou balm para barba e um pós-barba de qualidade – e nada de se barbear a seco.

Os barbudos de plantão, mesmo os que têm barba rala, também podem contar com produtos para barba adequados para fios mais longos, que mantêm a maciez e cuidam da limpeza e hidratação. O Charcoal Beard Wash, da Dr. JONES, é um exemplo.

Trata-se de um shampoo para barba com Carvão Vegetal e Pró-Vitamina B5. O primeiro é um dos ativos mais eficazes no controle da oleosidade na barba e na pele, sem descuidar da hidratação nem induzir ao ressecamento, além de remover impurezas e toxinas.

Imagem da embalagem do Charcoal Beard Wash, da Dr. JONES, ao lado de um pequeno monte de carvão vegetal.

Foto: Dr. JONES (todos os direitos reservados).

Já a Pró-Vitamina B5 reforça as defesas naturais da pele, aumentando sua resistência diante das agressões do dia a dia que são gatilhos para a produção desenfreada de oleosidade, além de deixar os pelos mais macios e fáceis de domar. 

A linha Charcoal inclui, ainda, o gel de limpeza facial Charcoal Face Wash, criado justamente para remover e controlar o excesso de oleosidade na pele sem agredi-la, além de combater a formação da acne e propiciar um verdadeiro efeito detox.

Por fim, lembre-se de proteger a barba – e a pele da região – dos raios UV com um produto que contenha fator de proteção solar. Nesse sentido, o balm multifuncional The Shaving Solution pode ser seu melhor amigo.

Tomando esses cuidados, você faz as pazes com sua barba, sua pele e o sol e vai poder curtir o verão ‘à vonts’.

Foto/Destaque: Jakob Owens | Unsplash.

Leia também: