Em banheiro com azulejos pretos e teto claro, homem jovem de pele clara, cabelo curto e barba observa a pele do rosto em frente ao espelho.

Mito ou verdade: a pele masculina é mesmo diferente?

Qual a diferença entre gel, cera e pomada para cabelo? Lendo Mito ou verdade: a pele masculina é mesmo diferente? 8 minuto(s) Próximo 3 motivos para não usar barba

Há muitas diferenças entre homens e mulheres. Algumas são bem conhecidas, como uma maior presença de pelos — temos barba, afinal — e uma tendência a mais força física... mas você sabia a pele também está entre elas?

Não é de hoje que ouvimos dizer que a pele do homem é diferente da pele da mulher, mas será que tem verdade nessa história? E, se sim, são diferentes em quais aspectos?

Hoje, vamos tirar suas dúvidas, cientificamente, e explicar que, embora existam as diferenças individuais, sim, algumas são mais frequentes em um sexo que em outro  — e como isso afeta os cuidados com a pele.

Quais são as características da pele masculina?

Foto em destaque mostra lateral de rosto masculino com barba, de homem de pele clara. Ele usa um algodão em forma de disco para fazer limpeza facial.

Foto: No Revisions | Unsplash (Adaptada).

Existem muitos fatores responsáveis pelas características de cada pele e que variam bastante de pessoa a pessoa. 

Entre eles, nós temos genética, etnia — e maior ou menor presença de melanina, por exemplo —, agressões do meio ambiente, cuidado ou não cuidado diário, exposição aos raios ultravioleta (raios UV) e fotoenvelhecimento, hidratação adequada ou não e ação dos radicais livres.

No entanto, quando olhamos para aquelas características que são mais recorrentes entre os sexos (a maioria dos homens tem versus a maioria das mulheres tem), os hormônios sexuais são mesmo os maiores responsáveis. No nosso caso, aquela ‘dose extra’ de testosterona.

Além de ser o principal hormônio relacionado ao desejo sexual, a testosterona, entre outros papéis fundamentais no organismo, é responsável por induzir maior quantidade de pelos no corpo, músculos mais fortes, ossos mais densos e, até mesmo, a calvície nos homens, além de uma maior inclinação à agressividade. 

É principalmente a testosterona que faz com que a pele masculina seja diferente da feminina em termos de textura, densidade e espessura.

Isso tem relação direta com o fato de o hormônio estimular uma maior concentração de queratina — proteína responsável pela formação da pele e dos cabelos —, o que, entre outros resultados, permite que a pele do rosto tenha resistência suficiente para suportar o crescimento da barba masculina.

Uma curiosidade é que essa conjunção de fatores interfere até mesmo na forma como a pele reflete a luz. Você sabia, por exemplo, que a pele feminina reflete de 2 a 3% mais luz que a masculina, em média? Por isso, artistas de várias culturas e etnias costumavam retratar as mulheres com peles mais claras em suas pinturas: pode conferir!

Confira também outros 7 diferenciais da pele masculina.

Homens têm a pele mais grossa

A pele do homem é cerca de 20% mais espessa que a da mulher e tem também mais colágeno. Essa substância, responsável pela firmeza e elasticidade da pele, tem a produção natural bastante afetada depois da menopausa. 

Tudo somado faz com que a pele masculina pareça, em comparação, mais compacta, firme e ‘demore mais’ a envelhecer.

Homens têm mais oleosidade na pele

Embora nem todos os homens tenham a pele oleosa, a frequência desse tipo de pele é mesmo maior entre nós do que entre elas.

Isso acontece porque as glândulas sebáceas, responsáveis pela produção do óleo (sebo) que protege essa pele, são muito influenciadas pelos hormônios sexuais.

Nos homens, a testosterona faz com que essas glândulas sejam mais ativas, em maior quantidade e com poros maiores, o que tende a se traduzir em mais óleo e mais brilho.  

Foto de homem negro em banheiro, barba por fazer e cabelos curtos e raspados na lateral, passando creme no rosto e nas mãos. Ele usa um roupão branco e se olha em direção a um espelho. Atrás, vê-se o chuveiro.

Foto: Cottonbro | Pexels.

Homens têm mais cravos e espinhas e mais inflamações

Mais oleosidade na pele pode significar desafios. Isso porque, entre os diferentes tipos de pele, a oleosa é a mais vulnerável à ocorrência de entupimentos e infecção de poros, causas diretamente relacionadas ao surgimento da acne

Além disso, especialmente no rosto, o homem ‘agride’ a pele muito mais, por causa de uma coisinha chamada... fazer a barba

Devido ao atrito da lâmina de barbear ou do barbeador elétrico, ficamos mais sensíveis ao surgimento de irritação na pele e inflamações.

Eliminar 100% o atrito não é possível — o ato de se barbear é sempre uma agressão —, mas um aparelho de barbear de qualidade, pensado para as necessidades masculinas, e um barbear cuidadoso ajudam demais a prevenir esses problemas.

Homens têm pele mais seca

Opa... Pareceu sem sentido, logo depois de falarmos de pele oleosa e acne? É que óleo (sebo) é uma coisa, mas água é outra, meu caro. 

Na verdade, como a camada de pele masculina é mais espessa que a da mulher, ela fica mais vulnerável a algumas agressões, como a dos raios UV, simplesmente por haver, digamos assim, uma ‘área maior’ que os agentes agressores podem atingir e penetrar. 

Em termos de hidratação da pele, esses e outros fatores fazem com que os homens tendam a perder mais água que as mulheres, e não ajuda o fato de que uma boa parte de nós se importe menos em manter a pele hidratada e bem cuidada...

Problemas à vista: sem beber a quantidade indicada de água e sem cuidar da hidratação externa, o homem pode ter a pele ressecada, com piora na quantidade de oleosidade, coceira, descamação, vermelhidão e aumento da sensibilidade na pele.

Foto de homem oriental e cabelos loiros passando creme no rosto e olhando-se em direção a um espelho. Ele é jovem, usa camiseta azul e não tem barba.

Foto: Ron Lach | Pexels.

Homens têm rugas mais pronunciadas

Existe uma razão para a crença popular de que as mulheres envelhecem pouco a pouco, e os homens, ‘tudo de uma vez’.

Essa impressão acontece, de novo, por causa da maior espessura da pele e também da musculatura mais firme entre nós. Como consequência, quando as rugas aparecem no homem, visíveis no exterior, já estão mais grossas e fundas.

Como, nas mulheres, as rugas vão-se pronunciando mais facilmente ao longo do tempo, dá a sensação de que elas envelhecem ‘aos pouquinhos’.

Homens tendem a ter menos manchas

Embora as manchas possam ter muitas causas, o envelhecimento é uma das principais, e aí as mulheres levam desvantagem, porque existe uma relação direta entre maior tendência ao aparecimento de manchas e o fim da produção de hormônios na menopausa, que é um dos efeitos desse envelhecimento.

É claro que isso não significa que nós estamos livres do problema. Agentes externos, como os raios ultravioleta, podem ser tão ou mais importantes para o aparecimento de manchas, uma das razões por que é importante usar filtro solar ou produtos com essa proteção. 

Quem tem a pele negra também precisa prestar atenção, porque ela tende a apresentar manchas com mais facilidade.

A pele do homem se recupera mais devagar

A ação aos hormônios masculinos e a espessura diferenciada fazem com que a pele masculina tenha uma tendência a se recuperar mais devagar de machucados e até de tratamentos cosméticos frente à feminina.

Isso derruba o mito de que ostentar cortes, machucados e arranhões é típico de atividades masculinas e que a gente ‘aguenta tudo’. Não é bem assim...  

Por que o homem deve cuidar da pele?

Homem negro e com bigode fininho e cavanhaque olha de frente para a câmera e segura produto de beleza com pump. Ele é jovem e usa faixa laranja na cabeça e camisa azul.

Foto: Curology | Unsplash (Adaptada).

A essa altura, você já percebeu que cuidados com a pele são um assunto importante.

Certos hábitos, como beber a quantidade indicada de água, dormir bem, praticar atividade física e evitar exposição inadequada ao sol contam muito para a saúde da pele.

No que diz respeito aos cosméticos, é importante também usar produtos que respeitem as características da pele masculina.

Barbear-se com cuidado e protegendo a pele do rosto, usando produtos para barba adequados, ajuda a prevenir problemas como irritação e foliculite.

Manter a hidratação em dia, com hidratantes corporais e faciais próprios para o homem (preferencialmente não oleosos), evita o ‘efeito rebote’ de uma maior oleosidade, além de ajudar a manter a pele saudável.

Limpeza de pele, esfoliação e controle da oleosidade são importantes para remover células mortas, manter a vitalidade e reduzir a ocorrência de inflamação, poros entupidos e prevenir ou combater os fatores que levam ao aparecimento da acne (cravos e espinhas). 

Confira nosso vídeo sobre limpeza facial e esfoliação.

A Dr. JONES tem uma linha de produtos voltados aos cuidados com a barba e o rosto, além de produtos para o corpo masculino. Além disso, já explicamos como fazer um skincare masculino diário aqui mesmo, no blog. Não deixe de ler.

E aí, curtiu? Deixe seu comentário e tire mais dúvidas sobre cuidados com a pele masculina. Estamos aqui para ajudar!

Foto/Destaque: Andrea Piacquadio | Pexels.

Leia também: